Skip to content

UP+
"...Quando o Senhor restaurou a sorte de Sião, ficamos como quem sonha. Então a nossa boca encheu-se de riso, e a nossa língua de cantos de alegria. Até nas outras nações se dizia: “O Senhor fez coisas grandiosas por este povo”.Sim, coisas grandiosas fez o Senhor por nós, por isso estamos alegres." Salmos 126:1-3

RUMO AO ALVO

Publicado por Celso Garrucho - agosto 14, 2015 - Palavra Pr.Celso

foco_thumb[2]

As pessoas são como mísseis teleguiados. Sem um alvo, elas vagueiam sem rumo através do horizonte e eventualmente se autodestroem.  

N ão existe nenhuma pessoa neste mundo que tenha poder para roubar os alvos e os sonhos que você tem para a sua vida. Não existe problemas ou obstáculos que sejam capazes de arruinar os seus planos. Só você pode fazer isso. Em qualquer que seja a situação, você tem a opção de ir em frente rumo aos seus alvos ou desistir e permitir-se entrar num ciclo de derrota. Obviamente que você enfrentará oposição, e decididamente será desafiado; mas você não será derrotado a não ser que permita que isso aconteça.

Todos os dias vai haver uma multidão de boas desculpas e razões perfeitamente compreensíveis para desistir. Ignore-as! Se você der a essas desculpas a mínima consideração, elas irão crescer e se multiplicar numa dimensão muito difícil de controlar.

Ao invés disso, focalize a sua mente, seu coração e suas emoções em cima do seu alvo. Ore pelos seus alvos, peça graça e ação de Deus sobre os seus sonhos. Mantenha-os em frente da sua mente. Coma com eles, ande com eles, durma com eles. Apesar do mundo tentar lhe paralisar e neutralizar as coisas lindas que existe dentro de você, tente resistir a esse apelo simplesmente se recusando a abandonar os seus sonhos. Existe uma maneira de alcança-los e ela está a sua disposição. Não desista!

Pastor Celso Garrucho

Para Meditação:

Todos os caminhos do homem são puros aos seus olhos, mas o Senhor pesa o espírito.  Provérbios 16.2

Compartilhe este artigo!

Compartilhe nas redes sociais.


Artigos Relacionados

É possível que sejam do seu interesse.

Comentários

O que você achou do artigo acima?