Skip to content

UP+
"...Quando o Senhor restaurou a sorte de Sião, ficamos como quem sonha. Então a nossa boca encheu-se de riso, e a nossa língua de cantos de alegria. Até nas outras nações se dizia: “O Senhor fez coisas grandiosas por este povo”.Sim, coisas grandiosas fez o Senhor por nós, por isso estamos alegres." Salmos 126:1-3

FRACASSO NÃO É O FIM

Publicado por Celso Garrucho - março 5, 2016 - Palavra Pr.Celso

abrir-uma-franquia-como-evitar-o-fracasso-com-franquias

 

A esmagadora maioria dos retrocessos que enfrentamos na vida nos oferece valiosas experiências, quando decidimos encará-los como lições a serem aprendidas, em lugar de vê-los como fracassos.

 

N ão olhe para o aparente fracasso como algo terminal. Pelo contrário: essa experiência é apenas um pequeno passo dentro de um importante processo que está tomando lugar na sua vida. Aquilo que muitas vezes chamamos de fracasso nada mais é do que um oportuno retrocesso, posto que será provavelmente por seu instrumento que seremos capazes de ganhar uma nova compreensão e outra forma de aprendizado.

Quero desafiá-lo a pensar em pelo menos uma ocorrência na sua vida, quando você pôde aprender algo de valioso mediante um erro do passado. Só o fato de você haver aprendido o que não mais deveria se repetir foi uma lição muito valiosa.

Na próxima vez em que você se sentir frustrado em virtude de não haverem as coisas transcorrido da forma como você planejou, pare e pondere… Talvez – repare que estou dizendo “talvez”… – o que aconteceu haja sido, afinal de contas, a melhor coisa que poderia haver sucedido. Aprenda com a experiência! Lembre-se de que Deus tem controle não apenas sobre esse complexo Universo em ordem, como tem inclusive conhecimento e autoridade sobre os mínimos detalhes da sua vida.

Não desista…continue avançando pois Deus ira abrir janelas de oportunidades para você. 

Pr. Celso Garrucho

Para Meditação:

Foi-me bom ter eu passado pela aflição, para que aprendesse os teus decretos.  Salmos 119:71

Compartilhe este artigo!

Compartilhe nas redes sociais.


Artigos Relacionados

É possível que sejam do seu interesse.

Comentários

O que você achou do artigo acima?